No centro da CCXP19, a ala dos artistas fez sucesso entre o público. Hugo trouxe a cultura de matriz africana no trabalho “Contos dos Orixás”

Durante os 4 dias de CCXP19 quadrinistas, escritores e artistas independentes (uns mais e outros menos conhecidos), puderam divulgar sua arte na Artist’s Alley. Nesse ano o espaço ficou localizado no centro do evento com mais de 500 artistas que puderam expor suas obras. No espaço onde quadrinistas mais conhecidos se localizavam, o público fazia filas.

Entre os artistas do evento, estava Hugo Canuto, artista e quadrinista por “Contos dos Orixás”. O trabalho de Hugo, em especial, merece destaque pois eleva ao maior feira geek/pop, do pais, a cultura de origem africana, valorizando o aquilos que gerações discriminaram.

Confira a pequena entrevista realizada com Hugo Canuto durante a cobertura da Woo! Magazine na CCXP19:

Dan Andrade.: Hugo, como surgiu essa ideia de trazer personagens da mitologia africana para dentro dos quadrinhos?

Hugo Canuto.: A ideia surgiu a partir da vontade de trazer para essa linguagem dos quadrinhos, essa linha de imagens e textos, parte dessa herança cultural extremamente rica e antiga de modo que as pessoas conhecessem um pouco mais, esse trabalho lúdico que é o quadrinho.

Imagem: Divulgação/CCXP19/Hugo Canuto (Crédito: Dan Andrade}0

D. A.: Como vem sendo a recepção do público para esse seu trabalho, tendo em vista que a cultura africana sofreu e ainda sofre bastante discriminação no Brasil?

H. C.: A recepção tem sido muito boa. A gente já está na terceira tiragem do livro. O livro recebeu prêmios, inclusive o principal dos livros de matrizes africanas. E um projeto que tem tido um reconhecimento principalmente com o uso em salas de aula, como instrumento de reflexão e de combate a intolerância religiosa.

D. A.: Para você, o quão importante é trazer esse universo da cultura africana para dentro dos quadrinhos?

H. C.: Eu acho importantes, pois precisamos ampliar os espaços. A gente precisa falar da nossa própria matriz cultural e se reconhecer como povo.

Para conferir mais do trabalho de Hugo Canuto, basta acessar o site.

A Woo! Magazine estará cobrindo todos os dias de evento. A nossa equipe trará todas informações com entrevistas, matéria e posts em nossas redes sociais. Então fique com a gente e viva o épico.


Imagem: Divulgação/CCXP/Hugo Canuto (Crédito: Dan Andrade)

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Dan Andrade

Cursando Produção Cultural atualmente, sempre foi apaixonado por cinema e decidiu que de alguma forma trabalharia com isso. Tendo como inspiração Steven Spielberg e suas histórias que marcaram gerações, escreve, assiste, lê e aprende, para um dia produzir coisas tão grandes e que inspirem pessoas como um dia ele o inspirou.

Previous “Ghostbusters: Mais Além” ganha primeiro trailer
Next CCXP19: Ativações da Amazon Prime Video surpreendem o público

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close