O cinema realmente transbordou em 2016! Mais uma vez, tivemos centenas de filmes maravilhosos e outros não tão bons assim, mas que trouxeram a alegria para milhões de pessoas ao redor do mundo. E o coração cinéfilo como fica?! Agitado como uma criança imperativa.

No Cinema Internacional, tivemos surpresas como o Sci-fi dramático “A Chegada” e a ótima produção de época “O Nascimento de uma Nação”, realizado com módicos 10 milhões de dólares, valor ínfimo perto de caríssimos filmes que chegam a nos decepcionar. Falando em decepção, o que foi aquele “Esquadrão Suicida” e os seus 175 milhões de custo?! Embora eu tenha gostado um pouco de “Batman Vs Superman”, talvez um dos únicos no meio de uma vasta multidão de pessoas, essa foi outra produção milionária que decepcionou geral. Ainda mais cara que o Esquadrão, a realização da DC Comics e Warner Bros flopou bonito no gosto do público. E mesmo que tenha conseguido um alto índice de bilheteria, foi muito aquém do que os estúdios esperavam (Custo: 250 milhões – Bilheteria: 868 milhões).

A quem diga que a maior indústria do cinema esteja perdendo a mão, construindo naufrágios atrás de naufrágios, mas seria isso verdade?! 2016 foi um ano mal equilibrado, mas tivemos lindíssimas produções que vamos ver, em breve, dando as caras na maior festa do cinema, como no ano passado. Na minha opinião, Hollywood só está com receio de arriscar, como já fez anteriormente, afinal, o cinema é um negócio e os executivos não podem se dar ao luxo de enxergarem apenas a arte. O que funciona na capital dos filmes são os números, são eles que transformam um produto em verdadeiro sucesso. Se esses não estão subindo, é sinal que não está sendo bem vendido. E quem em sã consciência gosta de perder dinheiro? Você?!

Independente disso, o cinema continua arrastando multidões para as salas e, no que diz respeito ao gosto popular, ninguém melhor do que o próprio público para decidir o que realmente foi bom no ano passado. Ao pensar nisso, enquanto fazíamos nossa lista de melhores e piores filmes do ano, tivemos a ideia de ampliar a brincadeira para os espectadores que fazem de um projeto um grande sucesso. Com isso, criamos um formulário com alguns dos possíveis melhores e piores filmes e atuações que se destacaram, e fomos perguntar nas redes sociais. Deixamos aberto também a possibilidade deles colocarem outros filmes, que poderiam ter ficado de fora dessa lista. Eis aqui então o resultado final:

Os melhores filmes

Animais Fantásticos e onde habitam

15. Águas Rasas

14. A Bruxa

13. O Homem nas Trevas

12. Sully – O Herói do Rio Hudson

11. Capitão Fantástico

10. Café Society

09. A Chegada

08. Doutor Estranho

07. Aquarius

06. Procurando Dory

05. Zootopia

04. Rogue One – Uma história Star Wars

03. Capitão América – Guerra Civil

02. Deadpool

01. Animais Fantásticos e onde habitam

Para o público participante, que conta com pessoas de diversos lugares do Brasil e do mundo, temos a menção honrosa para “Passageiros”“Moana” e “Animais Noturnos”.

Os Piores Filmes

Cinquenta Tons de Preto

15. Vizinhos 2

14. O último virgem

13. Warcraft – O primeiro encontro de dois mundos

12. Ben Hur

11 . A Lenda de Tarzan

10. Boneco do Mal

09. Um suburbano sortudo

08. Zoolander 2

07. A Quinta Onda

06. Orgulho e Preconceito Zumbi

05. Porta dos Fundos – Contrato Vitalício

04. Deuses do Egito

03. Esquadrão Suicida

02. Batman vs Superman – A Origem da Justiça

01. Cinquenta Tons de Preto

O público foi além e achou que não poderíamos esquecer de “Alice Através do espelho” e “Tirando o atraso”.

As melhores Atuações

As Mulheres

Sônia Braga

05. Natalie Portman por “Jackie”

04. Andrea Horta por “Elis”

03. Amy Adams por “A Chegada”

02. Meryl Streep por “Florence – Quem é essa mulher”

01. Sônia Braga “Aquarius”

Os Homens

Ryan Reynolds

05. Hugh Grant por “Florence – Quem é essa mulher?”

04. Viggo Mortessen por “Capitão Fantástico”

03. Jake Gyllenhaal por “Animais Norturnos”

02. Tom Hanks por “Sully – O Herói do Rio Hudson”

01. Ryan Reynolds por “Deadpool”


Como a voz do povo é a voz de Deus, ficamos assim na seleção dos melhores e piores filmes do ano, bem como as melhores atuações. E tivemos duas brasileiras no top 5 das atrizes, sendo que Sônia Braga saiu na frente até de Meryl Streep. Agradecemos às diversas pessoas que participaram dessa pesquisa, fornecendo sua opinião quanto ao mercado do cinema em 2016. Que viva a sétima arte! E ótimos filmes.